quarta-feira, 25 de abril de 2012

Mata de Loulé renovada!

     Não querendo ser tendenciosa, fiquei muito orgulhosa com a renovação deste espaço que nos meus tempos de adolescência foi palco de muitos assaltos. Na altura era conhecida como a mata de Loulé e houve uma tentativa de dinamizar através de um circuito de manutenção que durou muito pouco tempo em plenas condições.


     Agora há vários espaços dedicados aos mais pequenos... que seriam rapidamente aprovados pela Irina e pelo Jorge!


Extensos relvados e caminhos...

     Onde se vê muita gente a praticar desporto e a passear com crianças. A acabar de falar num ami qui habite à Paris, eis que ele me surge! Que boa surpresa!

     Até a casa com mau aspecto foi totalmente renovada e transformada no Centro de Experimentação e Criação Artística que tem esta chaminé algarvia lindíssima e que, para meu contentamento, foi mantida.

     Pode-se aceder ao espaço através de várias entradas, nós entrámos pela do monumento ao Eng.º Duarte Pacheco que não pôde ser fotografado de frente pela existência do palco de uma festa popular à qual assistimos à chegada.

     É conhecida como a festa grande da padroeira da cidade - a Mãe Soberana ou N.ª Sr.ª da Piedade. No domingo de Páscoa desce do santuário até uma igreja da cidade onde permanece duas semanas e depois de percorrer as principais ruas da cidade pelos ombros dos 8 homens do andor, regressa ao santuário em passo rápido, ao som de uma marcha que ajuda a fazer a subida!

     São cerca de 500kg que a avó Delmira dizia com muito entusiasmo serem ajudados a carregar pela força do povo!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...