domingo, 31 de agosto de 2014

Milho

     Este ano o nosso vizinho emprestou-nos uma parte do seu terreno para semearmos milho e esta foi a colheita. Agora está a secar para depois ser armazenado para as nossas galinhas.

     A nossa eira improvisada.
    No próximo ano vamos ter a oportunidade de semear milho em maiores quantidades, mas isso já é uma novidade para depois. 
(não é um bebé! - é que sempre que falamos em "novidade" perguntam-nos sempre se é um bebé!)

     Aqui ficam algumas imagens do dia da lavoura. Contámos com a ajuda da família "Maionese" e do nosso vizinho-dono do terreno.


     O Paulo a preparar o terreno e a Rita a abrir os regos para colocar a semente. Neste dia a Rita trazia a régua desligada e foi por isso que não conseguiu fazer carreiros direitos!


     Se repararem com atenção entre os grãos de milho há feijão, mas nenhum nasceu e por isso a segunda experiência saiu falhada. Já vimos quem semeie o feijão junto do milho para poder trepar naturalmente pelo milho acima. Fica para a próxima.

     Estava a esquecer-me que também contámos com a ajuda do Robi que "limpou" os grãos de milho que caíram ao chão. Ajuda preciosa!

sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Calças da Helena - 5

     As segundas calças da Helena do rol de capulanas. 
    Os tecidos africanos são dos mais difíceis de "casar". Parecem padrões constantes mas há sempre um desvio. Serem cortados em peças mais pequenas para vender aos turistas também não ajuda pois torna-se quase impossível coincidir os motivos (principalmente neste modelo) e resta-me coincidi-los em linha, neste caso horizontal.
     Podem ver mais fotos aqui.

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Na fábrica dos tijolos

     Como dissemos aqui, fizemos várias viagens/visitas à fábrica dos tijolos para o abastecimento de tijolo burro. Fiquei encantada com as imagens que vi no espaço e não resisti a ajudar a carregar os ditos tijolos passear pelo espaço para as registar.
     Ainda tivemos o privilégio de usufruir de uma visita guiada pelo interior da fábrica e entrámos nos fornos. Não sei porque carga de água não tirei fotos! A fábrica permite a visita de escolas, para quem estiver interessado.
     Aqui ficam algumas muitas das fotos.

novos

usados nos fornos

























segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Calças da Helena - 4

     Já tinha dito aqui que este é o modelo preferido da Helena. Da última viagem que fez a Moçambique trouxe mais umas capulanas para renovar o guarda-roupa. 
     Estas são as primeiras de três que pediu para fazer. As restantes capulanas vão para outras peças.

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Sobremesa de manga

     No início da semana fomos jantar a casa de uma amiga que já não víamos há muito tempo por estar a trabalhar em Timor e ofereci-me para levar a sobremesa.
     Pensei fazer um crumble de maçã mas acabei por mudar de ideias e saiu-me esta sobremesa inventada na hora com o que havia.



Ingredientes para 6 porções:

base
- 6 colheres de sopa de granola
- 12 bolachas Maria triturada
- 1 colher de sopa de manteiga derretida

recheio
- 1 manga
- 1/2 colher de sopa de agar-agar
- 1/2 pacote de natas (usámos de aveia)
- chocolate em barra
- 3 morangos cortados aos cubinhos
- sementes de sésamo


Preparação:
     Juntar a granola e as bolachas Maria trituradas. Deitar a manteiga derretida e amassar à mão ou com uma colher de pau.
     Deitar uma pequena porção em cada recipiente prensar. Levar ao frigorífico.

     Triturar a manga no liquidificador ou com a varinha mágica. Misturar as natas e o agar-agar. Levar ao lume mexendo sempre e quando levantar fervura retirar do lume continuando a mexer. Deixar arrefecer um pouco.
     Deitar por cima da base de bolacha e levar ao frigorífico para solidificar.
    Derreter o chocolate e deitar uma pequena porção por cima do recheio de manga. Quem gostar poderá fazer uma camada de chocolate maior. Como tínhamos chegado de férias há poucos dias não tínhamos chocolate em barra e usámos 2 bom-bons que nos trouxeram da Bélgica. Derretemos 2 e juntámos uma colher de leite de aveia.
     Decorar com os morangos e as sementes de sésamo.


Delicioso e pouco doce. Fica a sugestão para o fim-de-semana.

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Chapéu brilhante para a Maria João

     A Maria João é uma princesa amorosa que adora cor-de-rosa, brilhos, tules e mais dessas coisas de princesas "pirosas"!
     Estava prometido fazer-lhe um chapéu "piroso" e como o seu aniversário foi no fim-de-semana passado aproveitei a ocasião para o fazer. Com uma valente noitada para o acabar a tempo valeu bem o esforço pois ficou lindo, lindo!
     Podem ver mais pormenores aqui.

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Caminhos com tijolo burro

     Há cerca de 3 anos decidimos fazer os caminhos do espaço exterior em tijolo burro. Não só para termos um percurso mais limpo, como também por gostarmos do seu aspecto rústico. 
     Há dois tipos: o novo e o usado nos fornos para servir de suporte a outras peças e que por terem um (mau) aspecto tosco (que por acaso até gostamos), são vendidos a um preço bem mais simpático.

     Depois de muitos carregamentos faseados, fomos avançando com a obra e agora está finalmente concluída. Aqui ficam algumas imagens.

 Sempre com o fiscal da obra presente!









Caminho do nosso jardim comestível com um "padrão" diferente.

Antes

Depois

sábado, 16 de agosto de 2014

Alterar uma saia


     Uma saia que se tornou comprida demais voltou a ver a luz do dia com uma pequena transformação, podem ver como aqui.

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Associação Enraizar



     Nós e um grupo de amigos iniciámos um projecto de vida em comunidade que vai ao encontro dos princípios que temos defendido na Casa da Pucariça.
     A Associação Enraizar abraça as áreas essenciais para a construção de um mundo mais equilibrado. Estamos a iniciar com o Centro de Aprendizagem Comunitária para crianças dos 4 aos 12 anos, Banco de Sementes e Biblioteca Comunitária.
     A Enraizar é "a mudança que queremos ver no mundo".

sábado, 2 de agosto de 2014

Chapéu para Minnie Matilde

     Desde que a priminha Matilde nasceu que tem um chapéu prometido, mas entre desencontros e Invernos pelo meio chegou aos 2 anos e tem finalmente o seu chapéu inspirado na família "Mouse" e ao que parece já não o quer tirar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...